quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Vida Complicada

Antes de mais quero desejar a todos um 2008 cheio de coisas maravilhosas. Que o vosso ano seja sempre melhor do que o meu, mas tendo em conta que o meu vai ser bom, o vosso tem que ser no minimo espectacular! E aproveito para pedir desculpa pela longa ausencia, mas o tempo tem sido pouco. No entanto estou de volta, e com muita vontade de levar os meus projectos para a frente. Obrigado a todos pelo apoio.


Vida Complicada

O jogo da felicidade é algo de complicado. A vida em si é complicada. Mentira! Pelo menos tem sido essa a resposta que tenho recebido sempre que faço uma afirmação deste género quando me encontro com amigos e estes perguntam como estou.
Explicam que sou eu que torno as coisas complicadas. Será possível? Será que eu com a minha filosofia de vida preocupada torno as coisas mais difíceis de realizar? Eu que não tenho a capacidade de desligar dos meus sentimentos sou, de certo modo, o culpado principal das complicações que surgem na minha vida. Vivo cada dia com emoção demais, segundo eles. Não aceito o caminho fácil em todas as áreas em que esse caminho existe. Luto demais pelos meus objectivos. Estas afirmações não são aceitáveis.
Desiludas quem acredita que existe um caminho rápido para a felicidade. Não há! É isso que torna a nossa felicidade tão importante. A luta de alcançar essa felicidade, de alcançar os nossos sonhos, ensina-nos a dar valor ao que temos.
As pessoas que acreditam que a vida é fácil, e que a felicidade não dá trabalho nenhum a alcançar, vivem num mundo irreal, inexistente e cheio de ilusão. Essas pessoas simplesmente contentam-se com o pouco e não tem a coragem necessária para procurar algo mais. Sentam que estão bem como estão e deixam-se ficar por ali.
A minha idade jovem não deixa de significar que não tenho passado por momentos maus na vida. A minha própria estupidez já fez com que eu sofra sem necessidade. Por mais de que uma vez já corri o risco de perder uma amizade que é tão importante para mim por não ser capaz de ver o caminho certo a tomar em relação a determinado assunto. É complicado viver sem cometer erros. Mas é a seguir a esses erros que eu aprendo a lição. Felizmente o alvo do meu afecto é uma pessoa compreensível e já desculpou os meus erros do passado. Ficou o aviso. É a ultima vez. E agora estou a viver com medo de cometer mais um erro.
Isto complica a vida. O medo de errar novamente faz com que a minha felicidade esteja equilibrada no gume de uma faca bem afiada. Mas eu não posso culpar ninguém pelos meus erros. São meus para o bem e para o mal. Digam o que quiseram mas viver não é fácil, ser feliz também não é, nem a vida em si.
O desespero toma conta de mim todos os dias. Todos os dias tento conquistar a amizade, a felicidade e o motivo para lutar, como se todos os dias fosse o primeiro que vivo. Confuso? Muito. Quem disse que a vida não é confusa?
Quem não me conhece deve achar que estou doido. Quem me conhece é capaz de achar o mesmo.
Tentando colocar sentido no que digo, passo a explicar. A vida não é fácil. Uma pessoa que comete erros passa por maus momentos. Eu cometo muitos erros, mas é assim que eu aprendo. É assim que damos valor aquilo que temos e damos valor as pessoas a quem chamamos amigos. Descomplicar a vida é impossível. Existe sempre mais erros a nossa espera, e é disso que tenho medo. Mas não é por isso que eu vou deixar de percorrer os caminhos mais difíceis.
A vida é demasiado curta para não ser aproveitada.

2 comentários:

Lira disse...

oi! desculpa a minha ausencia de comentários, mas vou ser sincera a disposição de escrever não é muita, por vezes acontece! é so para dizer que adorei este texto e mais uma vez me identifico com ele! um grande beijão boa sorte para este ano e que tudo o que desejas-te se realize! Bom Ano 2008!

Anónimo disse...

...não to acreditando, mas nada é por acaso de alguma forma, cheguei ao seu blog, e to impressionada como seus escritos, parecem sair da minha boca pra não dizer da munha alma, que louco isso, agora seu que minhas confusões não é só eu que as tenho, vc tbm tem que louco isso, to passada, que figura que é vc, será só virtual ou é de carne e osso mesmo?! que doideira...